Notícias

Ver notícia

Representantes de 20 municípios brasileiros se reuniram em São Francisco do Sul, em Santa Catarina, nos dias 26 e 27 de abril, para participar da 17ª edição do Workshop Nacional do Programa Bandeira Azul. O evento, realizado no Hotel e Marina VillaReal, foi um marco na história do programa no Brasil, promovendo a troca de experiências, o debate de boas práticas e o fortalecimento do compromisso com a preservação ambiental. O workshop teve apoio das concessionárias Águas de São Francisco do Sul, Águas de Penha, Águas de Camboriú e Águas de Bombinhas, controladas pela holding Aegea, entre outras empresas.

O workshop é obrigatório para todos os gestores de praias que participam do Programa Bandeira Azul. Este ano, pela primeira vez, o evento foi dividido em duas edições: uma para praias e outra para marinas, devido à diferenciação em alguns critérios de avaliação. Durante o evento, Arthur May, coordenador do Centro de Operações Integradas (COI) das quatro concessionárias, fez uma apresentação do trabalho realizado pelas empresas e reforçou a importância de ter cidades sistema de saneamento de esgoto.

Ricardo Cerruti Oehling, diretor-presidente do Instituto Ambientes em Rede (IAR), explica que o workshop anual é um encontro nacional realizado antes da entrega da documentação para a candidatura à certificação Bandeira Azul. “É um evento técnico obrigatório para gestores de praias, onde ocorre a troca de informações sobre os critérios do programa”, afirma Oehling. O workshop também é aberto a novas praias e marinas, mas desde este ano, as edições serão divididas em dois grupos: um para praias e outro para marinas, devido à diferenciação em alguns critérios de avaliação.

O secretário de Turismo de Penha, Cleber Neumann, esteve presente no workshop com o objetivo de conhecer os critérios, pois a cidade busca certificar cinco praias do município com o projeto Bandeira Azul. A cidade já possuiu três praias certificadas, mas em 2023 não participou do programa para realizar ajustes.

Segundo Neumann, essa pausa foi proveitosa para mobilizar a sociedade e a própria gestão. Ele ressalta que as praias certificadas com a Bandeira Azul atraem um maior fluxo turístico. De acordo com o vice prefeito de São Francisco do Sul, Sérgio Murilo de Carvalho Oliveira, a certificação é um reconhecimento internacional de excelência em gestão ambiental para praias, marinas e embarcações. “Uma verdadeira celebração do compromisso com a preservação e com a conservação dos nossos recursos naturais”, disse.

A bióloga Letícia Frozza Teive, da Fundação de Amparo ao Meio Ambiente de Bombinhas, e o turismólogo Leonardo Magnus Scheffer, da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, destacam a importância da certificação das praias certificadas com a Bandeira Azul. “Manter a certificação é um desafio maior do que obtê-la, pois exige o engajamento de toda a sociedade, além do poder público”, ressalta Letícia. Segundo pesquisas encomendadas pela prefeitura, os turistas demonstram grande interesse em praias com este selo de qualidade ambiental.

Durante o encontro, os participantes aprofundaram seus conhecimentos sobre os critérios exigidos para a certificação, que incluem qualidade da água, educação ambiental, segurança e gestão ambiental. A balneabilidade, por exemplo, é um dos principais requisitos, e só é possível alcançá-la com um sistema de saneamento básico eficiente no município.

Praias certificadas

Outro ponto alto do evento foi a visita às quatro praias de São Francisco do Sul que ostentam o selo Bandeira Azul: Forte, Prainha, Praia Grande e Praia do Ervino. A cidade catarinense é a que possui o maior número de praias certificadas no país, servindo como referência para os demais municípios participantes. Os participantes do workshop reafirmaram seu compromisso em trabalhar para a gestão ambiental sustentável de suas praias, marinas e embarcações, contribuindo para a preservação do meio ambiente e para o desenvolvimento do turismo sustentável no Brasil.

Compartilhar:

Veja Também

Vídeos Saiba mais
Vídeos

Vídeo Institucional Conheça a Águas de Bombinhas, empresa responsável pelo abastecimento de água e esgotamento sanitário do município. Es...

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de Bombinhas é responsável pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto de Bombinhas.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas de Bombinhas e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.