Notícias

Ver notícia
Parceria entre instituições do município, somada a um estudo técnico, intensificam o combate às ligações irregulares de esgoto em Bombinhas

A Águas de Bombinhas acaba de participar de mais uma etapa da operação Língua Negra, uma ação de fiscalização que combate as irregularidades no descarte de esgoto do município. Durante as vistorias as equipes identificaram pontos de descarte de esgoto irregular, todos os locais foram lacrados e os moradores notificados.

As vistorias foram realizadas em parceria entre secretaria de Obras, Divisão de Saneamento, Fundação do Meio Ambiente de Bombinhas (Famab) e empresa Ecolibra, além de representantes da concessionária.

A ação, que aconteceu durante dois dias em regiões do Centro e Quatro Ilhas, serve para coibir os atos irregulares, além de orientar a comunidade sobre o correto descarte dos efluentes. Conforme Tiago Santos e Souza, coordenador de EHS da Águas de Bombinhas, a fiscalização é o segundo passo de uma iniciativa ainda maior, que começou meses atrás.

“Com a ajuda da consultoria ambiental nós conseguimos identificar os pontos irregulares. Apresentamos esse estudo para as equipes e, com o auxílio desse documento e dos mapas, conseguimos ser mais assertivos nos locais irregulares”, explica.

Vanessa da Silva, diretora da Divisão de Saneamento da prefeitura, reforça que a operação Língua Negra acontece durante todo o ano para coibir as ações e fazer os lacres necessários.

“Já tínhamos o conhecimento de alguns, e com o estudo, surgiram novos pontos. É um trabalho constante, já tivemos casos de fazer 30 lacres, por exemplo, e no ano seguinte aparecer os 30 pontos abertos novamente, e mais alguns”, lamenta. “É complicado de conscientizar a pessoa sobre o problema ambiental que ela está causando. Ela quer se livrar do dela, mas não pensa em um todo”, comenta.

Após a identificação das irregularidades as tubulações são lacradas e a prefeitura emite uma notificação solicitando as correções. Quem não seguir as determinações está passível de multa.

Vale ressaltar que Bombinhas passa, atualmente, pela instalação do novo sistema de esgotamento sanitário. O investimento, de aproximadamente R$180 milhões, trará benefícios não só para o meio ambiente, mas também desenvolvimento social e econômico da cidade. Enquanto o sistema ainda não é 100% universalizado em Bombinhas, os moradores e comerciantes devem ficar atentos para o correto funcionamento do sistema individual, a fossa séptica.

Diagnóstico dos rios de Bombinhas

Há alguns meses a Águas de Bombinhas, em parceria com a prefeitura municipal e a Famab, colocou em prática o projeto de Identificação de Lançamentos Irregulares de Esgoto no Rio Bombinhas e Rio da Barra. O diagnóstico, realizado pela empresa especializada, contempla a análise da qualidade de água dos rios em diferentes trechos, a medição de vazão, além da identificação dos lançamentos irregulares de esgoto.

Na prática, isso significa que os rios são monitorados de perto pelas equipes, por meio de medições ambientais que analisam a vazão da água, qualidade, entre outras características.

“Hoje temos um raio-x detalhado, conseguimos entender certinho como está a qualidade hídrica dos mananciais de Bombinhas. Para equiparação futura isso é perfeito, para avaliar os mesmos mananciais após a instalação da infraestrutura de esgotamento, por exemplo”, explica o gerente de projetos da Ecolibra, Felipe Guimarães Silveira.

Compartilhar:

Veja Também

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de Bombinhas oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às residências, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de Bombinhas.

Sanear Bombinhas Saiba mais
Sanear Bombinhas

A Águas de Bombinhas trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na cidade de Bombinhas.