Notícias

Ver notícia

Os investimentos no sistema de abastecimento e a preparação da cidade para o verão foram os principais temas abordados durante o Afluentes, promovido pela Águas de Bombinhas na última semana. Além da instalação do novo sistema de esgotamento sanitário, que anda em ritmo acelerado, a concessionária exibiu também as próximas obras programadas na coleta e tratamento de água.

Durante o encontro o advogado e morador de Bombinhas, Celio Medeiros, diz que percebe as melhorias contínuas na rede. “Parabéns, o município está muito bem representado. Não estou aqui para fazer críticas, mas sim para entender melhor os próximos investimentos, como morador da cidade”, comentou ele. Antes de encerrar, Celio aproveitou para questionar quais as ações da Águas de Bombinhas para evitar as interrupções de abastecimento no verão.

Sobre o questionamento do morador, Arthur May, coordenador de operações da empresa, explicou que uma das principais obras que já está programada é a alteração no traçado da adutora de água bruta, instalada em Tijucas. A decisão de alterar o traçado foi tomada após diferentes estudos técnicos em uma decisão entre prefeitura e Águas de Bombinhas. A contratação da empresa que fará a obra já foi efetivada e a previsão é de que o novo traçado esteja concluído em novembro deste ano – pronto e em funcionamento para a próxima temporada de verão. Somente esta obra soma um investimento de aproximadamente R$16 milhões para Bombinhas.

Arthur também falou sobre as outras iniciativas que estão programas para o local. “Além da alteração no traçado, também vamos mudar o material da adutora utilizando uma tubulação mais flexível, que se adapta ao solo”, explica. “Além disso, também será construída uma Estação Elevatória, com a função de diminuir a pressão da água, evitando riscos de rompimento”, completa Arthur.

Outra importante mudança prevista para os próximos meses é a antecipação da construção de um módulo extra de tratamento de água, na Estação de Tratamento de Água (ETA) de Bombinhas. A ampliação dos módulos vai aumentar a capacidade de tratamento em 50%: atualmente a ETA Bombinhas tem a capacidade de tratamento de 140l/s, com o investimento a capacidade passará para 210l/s.

Essa antecipação das obras soma um investimento de mais de R$3,5 milhões e, vale ressaltar, estava prevista somente para setembro de 2023. A contratação e instalação do módulo extra também foi projetada atendendo a uma determinação da prefeitura – antecipação das metas, para atender ainda melhor a comunidade e turistas durante a temporada.

Compartilhar:

Veja Também

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas de Bombinhas trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na cidade de Bombinhas.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.