Notícias

Ver notícia

Águas de Bombinhas celebra a Semana da Mulher e garante que o mercado está aberto para as profissionais

Na semana em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, a Águas de Bombinhas comemora a conquista e a história de colaboradoras dentro da empresa. Em um país onde as mulheres ainda recebem aproximadamente 22% menos do que os homens, é fundamental que as empresas e instituições reforcem o papel das mulheres dentro das organizações.

Seja no campo, operando máquinas ou no cargo de gestão, as trabalhadoras mulheres ocupam importantes espaços dentro do saneamento básico. A supervisora de operações, Juliana do Carmo, é responsável pela supervisão das duas estações de tratamento de água da cidade, além da estação de tratamento de esgoto. Ela também atua com o gerenciamento das equipes de manutenção de redes e gestão de pessoas da unidade de Bombinhas.

“Trabalhar com saneamento já possui um propósito embutido muito forte, você promove saúde às pessoas, sou apaixonada por essa área”, comenta. “Com certeza os homens ainda têm uma fatia imensa desse mercado, mas vejo com bons olhos o saneamento para as profissionais mulheres. As dificuldades que enfrentei foram mais voltadas à primeira impressão, a primeira conversa com o fornecedor, o primeiro contato com a equipe, o primeiro impacto dos trabalhadores de obra em ver uma mulher trabalhando lá”, compartilha Juliana.

Ainda conforme a supervisora, as dificuldades encontradas no mercado de saneamento são semelhantes às dos outros setores da infraestrutura, devido à baixa representatividade de mulheres nesses setores. Aos poucos, essa realidade vai sendo modificada. Prova disso é a presença da operadora da Estação de Tratamento de Água de Bombinhas, Bruna Machado.

Trabalhando há quatro meses no cargo, ela foi uma das únicas mulheres a se candidatar para a vaga. “Na época vi que era uma boa oportunidade pois sou formada em gestão ambiental e sanitária, uma área diretamente relacionada com meio ambiente. Apesar dos avanços no mercado de trabalho, ainda temos que nos impor diante de certas situações e, com diálogo, resolver da melhor maneira possível”, explica. “Hoje, como operadora, a única diferença entre mim e um colaborador é a força física, mas com ajuda conseguimos resolver essa questão”, completa.

Já para a presidente da Águas de Bombinhas, Reginalva Mureb, a igualdade nas oportunidades de trabalho está entre as premissas da empresa. “As portas do mercado do saneamento estão abertas para todos os profissionais e percebemos uma crescente entre as trabalhadoras. Muitas vezes o trabalho no campo, entre as máquinas e escavações, pode parecer masculino à primeira vista. Mas desacreditamos este tipo de pensamento e encorajamos a igualdade entre todos nossos colaboradores”, completa ela.

Além da supervisão e da operação na ETA, a Águas de Bombinhas ainda conta com colaboradoras em outros diversos setores, compondo o conjunto de funcionárias que atendem à unidade. As profissionais estão presentes em áreas como o Centro de Controle Operacional, departamento de limpeza, atendimento ao público, call center, comunicação, departamento jurídico e fiscalização.

Compartilhar:

Veja Também

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de Bombinhas oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às residências, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de Bombinhas.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.