Notícias

Ver notícia

O investimento de R$180 milhões, que a Águas de Bombinhas vem aplicando no novo sistema de esgotamento sanitário da cidade, corresponde a cerca de nove mil reais por morador. Ou seja, um investimento muito superior ao que vem ocorrendo em saneamento básico no Brasil, de maneira geral.

Atualmente as equipes de campo avançam por diferentes vias dos bairros José Amândio, Centro e Bombas, e a previsão é de que a nova Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) seja construída também neste ano. O projeto inclui, também, a instalação de elevatórias de esgoto posicionadas em pontos estratégicos de Bombinhas. A capacidade de tratamento da nova ETE será de 165L/s, ao final da implementação.
As ruas nas quais as equipes atuam nos próximos dias, são:

• Leopardo
• Tangará
• Tico Tico
• Tinguaçu
• Tucano
• Peixe Dourado
• Salema
• Peixe Voador
• Peixe Serra

Para a presidente da concessionária, Reginalva Mureb, o “novo sistema de esgotamento deve transformar a realidade de Bombinhas, conhecida internacionalmente por suas belezas naturais e preocupação com o futuro e desenvolvimento sustentável”. Além de trazer benefícios ao meio ambiente, os investimentos no município também trarão resultados para o bem-estar dos moradores, saúde pública, valorização turística e imobiliária.

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas de Bombinhas e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Sanear Bombinhas Saiba mais
Sanear Bombinhas

A Águas de Bombinhas trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na cidade de Bombinhas.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Principais Dúvidas Saiba mais
Principais Dúvidas

A ligação de esgoto na rede pública é obrigatória, conforme determina o art. 45 da Lei Federal 11.445/2007 e no regulamento de serviços d...