Notícias

Ver notícia

A Águas de Bombinhas e a prefeitura municipal assinaram, durante a última semana, um documento chamado Protocolo de Intenções, que deve ser entregue à Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina, a Aresc. O objetivo do documento é de oficializar ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade, sendo que esta alteração deve ser analisada e aprovada pela agência reguladora.

Isso ocorre porque, inicialmente, o novo sistema de abastecimento de água de Bombinhas tinha sido mensurado para produzir cerca de 110l/s de água tratada. Contudo, percebendo a necessidade do município, esta capacidade foi ampliada para 140l/s. Consequentemente, a capacidade do sistema de esgotos também deve ser ampliada, já que o tratamento de efluentes deve ser proporcional ao abastecimento dos moradores.

Reginalva Mureb, presidente da Águas de Bombinhas, ressalta que o documento também indica a intenção do município de transferir para a concessionária a obrigação de arcar com os custos de desapropriação das áreas necessárias para implantação dos sistemas de esgotamento sanitário.

“Este documento oficializa as mudanças no projeto original do sistema de esgotamento, por isso a Aresc deve ser avisada formalmente. É um passo a mais no caminho para a implementação do novo sistema”, completa ela.

Compartilhar:

Veja Também

Cronograma Saiba mais
Cronograma

Principais Dúvidas Saiba mais
Principais Dúvidas

A ligação de esgoto na rede pública é obrigatória, conforme determina o art. 45 da Lei Federal 11.445/2007 e no regulamento de serviços d...

3° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
3° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.